quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Reunião entre sindicatos e MPT em Pelotas define continuidade de froça-tarefa no setor arrozeiro em 2020








       A força-tarefa formada para diagnóstico, conscientização e regularização das condições de Saúde e Segurança no Trabalho na Indústria beneficiadora e engenhos de arroz na Região Sul do Estado continuará com suas operações em 2020. A decisão foi tomada esta semana, na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pelotas, durante reunião das entidades que integram o grupamento operacional. O encontro teve por finalidade avaliação do trabalho desenvolvido em 2019 e o planejamento das ações para o ano que vem. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Bagé e Região, Luiz Carlos Cabral, e o vice-presidente, Cláudio Gomes Gonçalves, participaram do encontro. 
        A coordenadora do MPT em Pelotas, procuradora Rubia Vanessa Canabarro, informa que "no que se refere ao trabalho já realizado, foi unânime o entendimento de que o setor arrozeiro respondeu de forma muito positiva às intervenções da força-tarefa, promovendo sensíveis avanços nas condições de saúde e segurança dos trabalhadores. Ao mesmo tempo, ficou evidenciada a importância de se dar continuidade a esse trabalho, notadamente porque, infelizmente, seguem ocorrendo acidentes, inclusive fatais, na indústria do arroz". 
      Nessa linha, e sem prejuízo das inspeções, que deverão prosseguir de acordo com a sistemática já adotada, ficou desde já definida a realização de audiência pública na primeira quinzena do mês de março de 2020. Serão apresentadas a legislação de saúde e segurança aplicáveis e oportunizado o esclarecimento de dúvidas por partes dos diversos órgãos que integram a força-tarefa.
      Cabral avalia que as iniciativas tomadas pela força-tarefa na fiscalização junto aos engenhos surtiram efeitos positivos. "Muitas empresas melhoraram suas condições de atenção à saúde e segurança do trabalhador, enquanto outras ainda precisam fazer adequações", frisa o líder sindical. 
      Um dado que preocupa é que na região de Bagé ainda são registrados acidentes de trabalho e até mortes - em 2015 foram três óbitos após acidentes em engenhos. "Ainda temos um alto índice de adoecimento dos traabalhadores e vamos continuar parceiros do Ministério Público do Trabalho e da Secretaria Especial de Previdência e do Trabalho (antigo Ministério do Trabalho)", reforça Cabral. "Queremos que as indústrias e engenhos gerem empregos e produzam, mas que também garantam as condições de saúde e segurança para o trabalhador", complementa. 
Frigoríficos
      Além da força-tarefa nos engenhos de arroz, o trabalho nos frigoríficos também irá continuar em 2020. Esta semana o grupo de trabalho atuava em Alegrete, fiscalizando e verificando condições de saúde e segurança no trabalho. "Esta força-tarefa, que já apresentou melhoras importantes na região, vai continuar atuando em 2020", salienta Cabral. 

domingo, 1 de dezembro de 2019

Trabalhadores do Marfrig/Bagé aprovam pauta de reivindicações da campanha salarial 2019/2020










      Na tarde deste 30 de novembro ocorreu a segunda assembleia da campanha salarial 2019/2020 promovida pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Bagé e Região, desta vez envolvendo trabalhadores do Marfrig/Bagé. O encontro foi realizado no ginásio do STIA. Os participantes aprovaram a pauta de reivindicações. Entre elas o reajuste salarial (100% da inflação do período, mais 3% de aumento real), um piso salarial no valor de R$ 1.500,00, além da manutenção das demais cláusulas vigentes no atual acordo coletivo de trabalho.
      Durante o encontro, o presidente do Sindicato, Luiz Carlos Cabral Jorge, enfatizou a necessidade de conscientização dos trabalhadores sobre a retirada de direitos com a reforma trabalhista. Cabral ressaltou que as ações do governo federal visam ao enfraquecimento do movimento sindical. "O Sindicato é a ferramenta que não deixa o trabalhador sozinho, nós defendemos as conquistas e lutamos por vocês", ressaltou o líder sindical.
      Cabral reforçou a importância dos participantes da assembleia debaterem na empresa os problemas causados pelas decisões do governo aos trabalhadores. "Infelizmente parte dos trabalhadores ainda não despertou para o que está ocorrendo e que, lamentavelmente, só vão se interessar quando as empresas não precisarem mais dos serviços deles", enfatizou.
      Ao final da assembleia ocorreu o sorteio de brindes - tanto aos participantes da assembleia quanto aos trabalhadores que contribuíram no período em que o desconto mensal em folha não era permitido. Com a realização das assembleias, o Sindicato irá encaminhar um ofício ao Marfrig para informar a pauta aprovada pelos trabalhadores nas assembleias. A data-base da categoria é 1º de fevereiro. 

Relação dos contemplados no sortieo de brindes
Contemplado por participar da assembleia: Valdecir Araújo Jardim (ganhou um fogão quatro bocas).
Contemplado com televisor 32 polegas (por contribuir no período entre março e junho de 2019, quando o desconto em folha não era permitido): Aírton Cardoso Bernard.
Contemplado com um telefone celular (por três meses de contribuição durante o período em que o desconto em folha não era permitido): Francisco Pereira da Rosa.
Contemplado com uma bicicleta (por dois meses de contribuição durante o período em que o desconto em folha não era permitido): Miguel Rosa Gonçalves
Contemplado com um forno micro-ondas (por um mês de contribuição no período em que o desconto em folha não era permitido): Vágner Saraiva Fontoura. 

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

STIA/Bagé promove assembleia da campanha salarial 2019/2020 com trabalhadores do Marfrig/Bagé neste sábado


      A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Bagé e Região realiza neste sábado, dia 30, a segunda assembleia da Campanha Salarial 2019/2020 para traballhadores do Marfrig. Desta vez a assembleia será realizada em Bagé, no ginásio do Sindicato (Avenida São Judas Tadeu, 853) a partir das 18h. A data-base da categoria é 1º de fevereiro. A primeira assembleia foi realizada no último dia 23 em Hulha Negra, com trabalhadores do Pampeano Alimentos, 
      As assembleias servem para que os trabalhadores deliberem e discutam os itens na pauta de reivindicações que será encaminhada ao Marfrig. Entre os principais pontos de discussão estão o reajuste salarial - com reposição da inflação e aumento real - e a definição do pedido de reajuste do piso salarial da categoria, além da manutenção das demais cláusulas estabelecidas no atual acordo em vigor.
      Na assembleia haverá sorteio de brindes, no mesmo modelo realizado em Hulha Negra. Todos os participantes da assembleia em Bagé concorrem ao sorteio de um fogão quatro bocas. E haverá um sorteio especial para os trabalhadores que que contribuíram entre os meses de março e junho de 2019 – quando a contribuição mensal dos trabalhadores em folha não era permitida, devido a uma medida provisória do governo federal.        Os associados que contribuíram durante um mês nesse período (entre março e junho de 2019) vão concorrer a um forno microondas. Quem contribuiu durante dois meses entre março e junho concorre a uma bicicleta. Aqueles que contribuíram durante três meses vão concorrer a um telefone celular. Os associados que pagaram a mensalidade durante todo o período onde o desconto em folha não era permitido vão concorrer a um televisor 32 polegadas. 


domingo, 24 de novembro de 2019

Trabalhadores do Pampeano aprovam pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2019/2020 em assembleia






      Neste dia 23 ocorreu a primeira assembleia da Campanha Salarial 2019/2020 para traballhadores do Marfrig Group. O local foi a subsede do Sindicato dos Trabalhdores nas Indústrias de Alimentação de Bagé e Região, envolvendo trabalhadores do Pampeano Alimentos, em Hulha Negra.  As assembleias servem para que os trabalhadores deliberem e discutam os itens na pauta de reivindicações que será encaminhada ao Marfrig. A data-base da categoria é 1º de fevereiro. Os trabalhadores aprovaram a pauta sugerida pelo Sindicato.
      Entre os principais pontos de discussão estão o reajuste salarial - com reposição da inflação e aumento real - e a definição do pedido de reajuste do piso salarial da categoria, além da manutenção das demais cláusulas estabelecidas no atual acordo em vigor. Ao final do encontro os trabalhadores participaram de um sorteio de brindes - um destinado aos participantes da assembleia e outro como forma de premiar os trabalhadores que contribuíram durante os meses de março, abril, maio e junho. Neste periodo de 2019 a contribuição mensal dos trabalhadores em folha não era permitido, devido a uma medida provisória do governo federal.
       A segunda assembleia está marcada para o dia 30 de novembro, também às 18h, no ginásio do STIA (Avenida São Judas Tadeu, 853).  "Precisamos da presença de todos para que possamos lutar por nossos direitos e manter as conquistas que tivemos ao longo dos últimos anos. Precisamos nos mobilizar e demonstrar força para podermos negociar com a empresa", salienta o presidente do Sindicato, Luiz Carlos Cabral Jorge.  
Sorteio de brindes
       A relação de contemplados no sorteio de brindes realizado na assembleia é a seguinte:
1º Sorteio -  Micro-ondas
Nome: BRUNA HOBBUS DA ACOSTA.

2º Sorteio - Micro-ondas.
Nome: PAULO RICARDO ALVES.

3º Sorteio - Bicicleta.
Nome: FABIANO FARIAS ACOSTA.

4º Sorteio - Bicicleta.
Nome: JOSÉ LUIZ DALBÃO DA SILVA.

5º Sorteio - Celular.
Nome: NADIA PORLEI MUJICA.

6º Sorteio - Celular
Nome: CRISTIANE DENISE DE OLIVEIRA SANDIN.

7º Sorteio - TV 32 polegadas
Nome: JOSÉ GREGORIO DOS SANTOS CAMARGO.

8º Sorteio -  TV 32´polegadas
Nome: CARMEM LINA PEREIRA TORT

Já o sorteio aos trabalhadores presentes na assembléia, um fogão quatro bocas, saiu para ISOLETE PEREIRA DALBÃO.

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Primeira assembleia da Campanha Salarial 2019/2020 para trabalhadores do Marfrig acontece neste dia 23 em Hulha Negra

Nenhuma descrição de foto disponível.


      Neste sábado, dia 23, acontece a primeira assembleia da Campanha Salarial 2019/2020 para traballhadores do Marfrig. Será às 18h na subsede do Sindicato em Hulha Negra (na Avenida Laudelino da Costa Medeiros, 1279), destinada a trabalhadores do Pampeano Alimentos. A segunda assembleia está marcada para o dia 30 de novembro, também às 18h, no ginásio do STIA (Avenida São Judas Tadeu, 853) para trabalhadores do Marfrig/Bagé.. 
      As assembleias servem para que os trabalhadores deliberem e discutam os itens na pauta de reivindicações que será encaminhada ao Marfrig para a campanha salarial. A data-base da categoria é 1º de fevereiro. 
      Uma das principais novidades para as assembleias de 2019 será o sorteio de brindes. Haverá modalidades distintas de sorteio para contemplar os trabalhadores associados que participarem dos encontros. "Apesar de todas as dificuldades econômicas que enfrentamos, devido à tentativa do governo federal de acabar com o movimento sindical, tivemos muitas pessoas que pagaram sua mensalidade espontaneamente durante os meses de março, abril, maio e junho, quando não havia a possibilidade de desconto obrigatório", ressalta o presidente do Sindicato, Luiz Carlos Cabral.
      Por conta disso haverá um sorteio especial nas assembleias em Hulha Negra e Bagé. Os associados que contribuíram durante um mês nesse período (entre março e junho de 2019) vão concorrer a um forno microondas. Quem contribuiu durante dois meses entre março e junho concorre a uma bicicleta. Aqueles que contribuíram durante três meses vão concorrer a um telefone celular. Os associados que pagaram a mensalidade durante todo o período sem desconto obrigatório em folha vão concorrer a um televisor 32 polegadas. "Estabelecemos um critério onde os trabalhadores que pagaram a mensalidade por mais tempo concorrem a mais brindes", reforça o presidente. Pelo fato de os trabalhadores de Hulha Negra terem contribuído em maior número, os prêmios serão dobrados - ou seja: dois micro-ondas, duas bicicletas, dois celulares e dois televisores.
      As novidades não param por aí. Todos os trabalhadores que comparecerem às assembleias nos dias 23 e 30 de novembro vão concorrer a um fogão quatro bocas. 

quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Uma análise dos dois anos da Reforma Trabalhista


Por: Raul Salvador

      Após dois anos de vigor da Reforma trabalhista o que muito se pergunta é se a alteração da lei trabalhista foi positiva ou negativa. Analisaremos através de dados obtidos do IBGE, se a proposta da Reforma Trabalhista, que era de gerar mais postos de trabalhos através da maior flexibilização da relação de emprego e maior segurança jurídica, foi atendida.
      A Reforma, segundo os autores, gerariam mais empregos ao garantir à empresa uma maior estabilidade contratual nas relações empregatícias. Somente que o visto em realidade não se apresenta dessa forma. De acordo com dados do IBGE, no terceiro trimestre de 2017, a taxa de desemprego da economia brasileira era de 12,4%. No mesmo período em 2019, essa taxa chegou a 11,8%. A queda foi de 0,6 ponto percentual. Na comparação entre os dois períodos, houve também aumento no desalento. Isso significa que, em 2019, mais pessoas desistiram de procurar emprego do que em 2017. O que dar a entender que em termos de geração de emprego não houve melhora alguma. Arriscamos até dizer piora, visto que a cada 6 postos de empregos geradas 1 se trata de trabalho intermitente, que justamente é a famosa legalização do “bico”.
      Outros dados que devem ser levados em consideração é o aumento da informalidade, o que leva a entender que está sendo mais viável ao antigo "CLTista" se arriscar no mercado de trabalho por conta própria, corroborando mais uma vez que a Reforma não foi feliz ao tentar garantir mais postos de trabalho. Desde que a reforma trabalhista entrou em vigor em 2017, houve aumento na informalidade no mercado de trabalho brasileiro. Esse movimento deu continuidade a um fenômeno que já vinha sendo observado desde 2016. No terceiro trimestre de 2016, a taxa de informalidade do mercado de trabalho era de 38,8%. No mesmo período do ano seguinte, de 40,5%. No terceiro trimestre de 2019, a informalidade chegou a 41,4% – houve aumento de 0,9 ponto percentual em relação a 2017.
      O que faz realmente crer que a geração de empregos somente pode estar atrelada à movimentação da economia do país e não ao fato de tirar direitos dos trabalhadores.
Entrando já na parte de estabilidade jurídica, que foi também um dos grandes motivos para a reforma vir a ser aprovada, até então não se propôs a ter essa finalidade.
      Segundo o TST, 70% das reclamações trabalhistas, ainda, como antes da reforma, são derivadas da falta de pagamento de verbas rescisórias. O que leva ao entendimento que quem ainda continua a ser o “vilão” da relação laboral é o patrão. Quem deve pagar, paga. Pagando, gera recibo de pagamento, fazendo esses dados de 70% caírem para quase zero. Simples assim!
      Obviamente aqui não cabe tecer uma opinião contra a Reforma. Algumas alterações da Lei Trabalhista foram bem vindas. No entanto, em perspectiva de geração de empregos e segurança jurídica, até então, nada!

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

STIA/Bagé define datas para assembleias da Campanha Salarial 2019/2020 para trabalhadores do Marfrig e Pampeano


Novidade este ano será a realização de sorteio de brindes 

            A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Bagé e Região definiu as datas para as assembleias da Campanha Salarial 2019/2020 para traballhadores do Marfrig/Bagé e do Pampeano Alimentos/Hulha Negra. O primeiro encontro vai acontecer no dia 23 de novembro, às 18h, na subsede do Sindicato em Hulha Negra (na Avenida Laudelino da Costa Medeiros, 1279). A segunda assembleia está marcada para o dia 30 de novembro, também às 18h, no ginásio do STIA (Avenida São Judas Tadeu, 853). 
      As assembleias servem para que os trabalhadores deliberem e discutam os itens na pauta de reivindicações que será encaminhada ao Marfrig para a campanha salarial. A data-base da categoria é 1º de fevereiro. Entre os principais pontos de discussão estão o reajuste salarial - com reposição da inflação e aumento real - e a definição do pedido de reajuste do piso salarial da categoria, além da manutenção das demais cláusulas estabelecidas no atual acordo em vigor.
      De acordo com o presidente do Sindicato, Luiz Carlos Cabral, a presença de trabalhadores faz-se ainda mais necessária, tendo em vista as alterações na legislação que resultaram na Reforma Trabalhista. "Precisamos da presença de todos para que possamos lutar por nossos direitos e manter as conquistas que tivemos ao longo dos últimos anos. Lamentamos que os governos façam o possível para retirar garantias históricas previstas na lei, mas, agora, precisamos nos mobilizar e demonstrar força para podermos negociar com a empresa", salienta Cabral.
Novidades
      Uma das principais mudanças para as assembleias de 2019 será o sorteio de brindes. Haverá modalidades distintas de sorteio para contemplar os trabalhadores associados que participarem dos encontros. "Apesar de todas as dificuldades econômicas que enfrentamos, devido à tentativa do governo federal de acabar com o movimento sindical, tivemos muitas pessoas que pagaram sua mensalidade espontaneamente durante os meses de março, abril, maio e junho, quando não havia a possibilidade de desconto obrigatório", ressalta Cabral.
      Por conta disso haverá um sorteio especial nas assembleias em Hulha Negra e Bagé. Os associados que contribuíram durante um mês nesse período (entre março e junho de 2019) vão concorrer a um forno microondas. Quem contribuiu durante dois meses entre março e junho concorre a uma bicicleta. Aqueles que contribuíram durante três meses vão concorrer a um telefone celular. Os associados que pagaram a mensalidade durante todo o período sem desconto obrigatório em folha vão concorrer a um televisor 32 polegadas. "Estabelecemos um critério onde os trabalhadores que pagaram a mensalidade por mais tempo concorrem a mais brindes", reforça o presidente. Pelo fato de os trabalhadores de Hulha Negra terem contribuído em maior número, os prêmios serão dobrados - ou seja: dois microondas, duas bicicletas, dois celulares e dois televisores.
      As novidades não param por aí. Todos os trabalhadores que comparecerem às assembleias nos dias 23 e 30 de novembro vão concorrer a um fogão quatro bocas. Além disso, em reunião de diretoria, foi estabelecido que a partir de 2020 haverá sorteio de brindes mensais entre os associados em dia. "Teremos dois sorteios, um para os associados em dia em Bagé e outro em Hulha Negra, Também vamos estabelecer um modo de contemplar associados que indicarem novos sócios e que vamos divulgar oportunamente", enfatiza Cabral.